16
set
09

Andrea Neves leva espaço lúdico para mães e bebês do Centro de Referência de Gestantes Privadas de Liberdade

Andrea Neves durante inauguração do espaço lúdico no Centro de Referência de Gestantes Privadas de Liberdade

Foto: José Carlos Paiva/Secom MG

O menino Cauã, de 10 meses, adorou brincar com as bolas coloridas. Já Mateus, de 4 meses, gostou mesmo foi de ficar sobre o tapete emborrachado, enquanto Gemima, 7 meses, se inquietava no colo da mãe para aproveitar o espaço especial para crianças. Essas são algumas das 47 crianças que vivem com suas mães no Centro de Referência de Gestantes Privadas de Liberdade, único do país para mulheres grávidas e com bebês de até um ano.

A presidente do Servas, Andrea Neves, inaugurou ontem no local uma área de convivência para mães e bebês. A área de 72m², construída em parceria com a Construtora UNI, é um espaço lúdico que visa proporcionar o desenvolvimento integral dos bebês, respeitando os laços de afeto entre mãe e filho nos primeiro meses de vida.

“O Governo de Minas rompe paradigmas ao criar o primeiro espaço para que recuperandas fiquem com seus filhos . Eu me sinto orgulhosa desta alternativa, que celebra o respeito e compromisso com a vida”, disse Andrea Neves.

Além da área de convivência, que tem piso revestido com tapete emborrachado, brinquedos e cercadinhos, o centro recebeu do Servas 40 berços com móbiles e colchões para que mães e filhos possam ficar juntos nos quartos.  Foto: José Carlos Paiva/Secom MG

Além da área de convivência, que tem piso revestido com tapete emborrachado, brinquedos e cercadinhos, o centro recebeu do Servas 40 berços com móbiles e colchões para que mães e filhos possam ficar juntos nos quartos. Foto: José Carlos Paiva/Secom MG


1 Response to “Andrea Neves leva espaço lúdico para mães e bebês do Centro de Referência de Gestantes Privadas de Liberdade”


  1. 1 Bruna Matos
    28/09/2009 às 01:16

    Andrea
    Esse projeto que voce desenvolve junto às presidiárias grávidas é o que mais me emociona. Voce tira os “doentes terminais das UTIs Sociais” e os devolve para a vida saudável. Só uma mulher tem esse sentimento. Isso só uma mãe pode saber da importancia de uma gestação digna . Mas só alguem com a sua história e coragem é que pode fazer com tanta diferença. Parabéns.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


setembro 2009
S T Q Q S S D
    out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Mais Acessados

  • Nenhum

%d blogueiros gostam disto: