20
nov
09

Andrea Neves concede entrevista sobre o programa Conta com a Gente

Como as pessoas podem apadrinhar esse projeto?
O programa que está nascendo aqui hoje é um programa muito diferente, porque de um lado ele conta com o apoio decisivo do Governo do Estado, Cemig e Copasa. Isso significa que todas as entidades sociais de Minas Gerais que se cadastrarem no Conta com a Gente vão contar inicialmente com desconto de 25% nas suas contas de água e luz.
Em seguida, nós estamos criando agora uma grande corrente de solidariedade para conseguir sensibilizar todos os cidadãos, todas as empresas de Minas Gerais, para que cada um de nós possa, na sua comunidade, apoiar de perto aquela entidade que ele conhece e cujo trabalho ele respeita. Cada um de nós pode escolher a entidade que participa do programa e doar a partir de R$ 5 por mês na sua conta de água ou na sua conta de luz.
Nosso objetivo com isso é conseguirmos tecer uma grande rede de solidariedade em torno de cerca de 3 mil entidades de Minas Gerais. Entidades voltadas para crianças e para idosos, Apae, creche, entidade que trabalha com a recuperação de dependentes químicos, e com isso, poder dar uma ajuda permanente a essas instituições para que elas possam destinar o recurso financeiro que têm para outras finalidades no seu dia.

Nessa segunda fase, como as pessoas devem fazer?
A partir de hoje está aberto o cadastramento para as entidades. Qualquer entidade que quiser participar do programa deve se cadastrar, deve se dirigir à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social. Essa entidade vai receber um certificado e de posse desse certificado ela passa automaticamente a fazer parte do programa, fazendo a sua opção prioritária, se ela quer iniciar pela Cemig, pela Copasa, e eventualmente até pelas duas entidades. E a partir daí, desse certificado que a entidade recebe, ela está apta a poder buscar na sua comunidade o apoio dos seus padrinhos. E ao lado do esforço individual, da movimentação individual de cada uma dessas entidades, nós, o Servas, estaremos levando a cabo em toda Minas Gerais uma grande campanha que tem como objetivo sensibilizar todos os homens e mulheres de  bem que tiverem condições de dar mensalmente uma pequena contribuição à entidade que escolheu.

Essas entidades, pessoas físicas e jurídicas, que quiserem entrar nesse projeto, se cadastram pelo mesmo site?
Nós teremos o site do Servas, o site da Cemig, o site da Copasa. Hoje nós estamos enviando correspondência para cerca de 3 mil entidades mineiras, informando a elas o lançamento do programa. E essa fase do apadrinhamento, essa fase do convite para que a sociedade se some a nós nesse esforço de mobilização, ela terá início automaticamente a partir do momento em que a entidade ter a posse do seu certificado.

E essa entidade que não estiver nesse cadastro, de repente eu escolho uma que não está, vai uma fiscalização para saber se essa entidade é séria?
Isso é fundamental. A primeira fiscalização é feita na própria Secretaria de Desenvolvimento Social, que só vai emitir o certificado daquelas entidades que estiverem em dia com os seus compromissos sociais definidos em lei. É importante também nós lembrarmos duas condições para participação no programa. Primeiro, a entidade tem que estar em dia com as suas contas com a Cemig e a Copasa. E segundo, ela tem que estar situada em alguns dos municípios de base da operação da Cemig ou da Copasa. Em seguida, também nessa lógica, eu gostaria de observar que o Ministério Público Estadual fará todo o acompanhamento da execução do programa, fiscalizando a execução, para que nós possamos chegar a um bom termo e garantir realmente o que é o objetivo de todos nós, poder dar um apoio de caráter permanente a essas entidades. Apoio que não dependa de um governo, todos eles são circunstanciais, começam hoje, acabam amanhã, mas se nós conseguirmos construir em Minas essa grande rede de solidariedade, ele poderá ter um caráter permanente e dessa forma dar uma contribuição definitiva para esse importantíssimo trabalho que é feito pelas entidades do nosso estado.


2 Responses to “Andrea Neves concede entrevista sobre o programa Conta com a Gente”


  1. 22/11/2009 às 18:05

    Oi Andrea vocês sao explemos de solidariedade, cada dia cada novo projeto, mais isto e de berço vem dos seus antepassaados , sejam assim , Associação Tancredo Neves, na minha pessoa, lhe agradece. Um abraço, feliz natal, Paula Bonayth

  2. 05/12/2009 às 18:16

    andreia este programa caiu do céu, que você seja iluminada por Deus e leve Aécio para o Planalto. Abraços Paula Bonayth


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Mais Acessados

  • Nenhum

%d blogueiros gostam disto: