16
jan
14

Andrea Neves deixa Servas após 10 anos de gestão eficiente

Célia Pinto Coelho, foi nomeada ontem presidente da entidade, em substituição a Andrea Neves, que assumiu o cargo em 2003.

Nova direção

Andrea Neves deixa direção do Servas

Célia Pinto Coelho foi nomeada ontem presidente do Servas em substituição a Andrea Neves.

Fonte: Estado de Minas 

Mudança de comando no Servas

“Buscarei dar continuidade ao trabalho realizado, espelhando-me na atual gestão, que, com competência e brilhantismo, tem feito desta entidade uma verdadeira ferramenta de transformação social em nosso estado” – Célia Pinto Coelho, nova presidente do Servas.

Troca de comando no Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas). A mulher do vice-governador Alberto Pinto Coelho (PP), Célia Pinto Coelho, foi nomeada ontem presidente da entidade, em substituição a Andrea Neves, que assumiu o cargo em 2003, no primeiro governo do irmão, o hoje senador Aécio Neves (PSDB).

Ao deixar o posto, a ex-presidente fez um balanço dos 10 anos anos em que permaneceu à frente do Servas. Conforme a ex-presidente, no período um dos programas mantidos pela entidade, o Digna Idade, deu apoio a instituições de atendimento a idosos, com a realização de reforma em prédios e capacitação de funcionários.

Para Andrea Neves, sua sucessora no cargo “tem uma enorme sensibilidade e uma grande capacidade de articulação. Tenho certeza de que, ao lado da extraordinária equipe do Servas, ela dará uma contribuição muito importante às ações sociais em Minas Gerais“. Segundo Célia Pinto Coelho, o objetivo à frente da entidade é dar continuidade ao trabalho que vem sendo realizado.

Para Alberto Pinto Coelho, o Servas estabelece parcerias fundamentais a favor de jovens, idosos e crianças. O vice-governador deverá assumir o governo de Minas em março, caso o governador Antonio Augusto Anastasia (PSDB) se desincompatibilize do cargo para disputar a eleição para o Senado em outubro.

Conforme comunicado do governo de Minas, Célia permanecerá no cargo até o fim do ano. A nova presidente do Servas nasceu em São Francisco, Região Norte de Minas, e, ainda conforme o Palácio da Liberdade, tem 16 anos de experiência em projetos sociais. Entre os programas que também ficarão sob o comando da nova presidente está o Brinquedotecas Móveis, montadas em hospitais públicos, centros de educação infantil e associações de pais e amigos dos excepcionais (Apaes).


0 Responses to “Andrea Neves deixa Servas após 10 anos de gestão eficiente”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


janeiro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Mais Acessados

  • Nenhum