Posts Tagged ‘Aécio Neves da Cunha

02
maio
11

Andrea Neves: Xuxa conhece Valores de Minas

Andrea Neves: ao lado da presidente do Servas Xuxa comentou: “Eu vim conhecer, vim aprender, imaginar coisas para a minha fundação.”

A apresentadora Xuxa veio conhecer os projetos sociais que tiveram início no Governo Aécio Neves.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Apresentadora Xuxa faz visita ao programa Valores de Minas

Fonte: Agência Minas

A presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas)Andrea Neves da Cunha, recebeu, nesta sexta-feira (29), a apresentadora de televisão Xuxa, que preside há 22 anos a Fundação Xuxa Meneghel, voltada para projetos sociais e campanhas nacionais em defesa dos direitos da infância.

Após visita ao Memorial Minas Gerais – Vale, parceria entre o Governo do Estado e a Vale que integra o Circuito Cultural Praça da Liberdade, Xuxa foi recebida pela presidente do Servas no Plug Minas – Centro de Formação e Experimentação Digital, no bairro Horto, em Belo Horizonte, onde funcionou uma unidade da Febem, para conhecer de perto os projetos sociais de Minas Gerais e trocar experiência sobre futuros projetos, parcerias e campanhas relacionadas aos direitos das crianças e adolescentes.

Xuva conheceu as atividades do programa Valores de Minas, o primeiro núcleo a integrar o Plug Minas, inaugurado em junho de 2009. “É um espaço muito bem utilizado, e os jovens têm muita garra. Tem um mês só que estão ensaiando e a apresentação foi linda. Esta visita serve de exemplo, eu vim conhecer, vim aprender, imaginar coisas para a minha fundação. É incrível poder dar isso para os jovens, essa oportunidade, esse carinho que é tão evidente aqui”, disse a apresentadora após ser recebida pelos jovens, com apresentação de música, dança e dos tambores do Valores de Minas.

presidente do ServasAndrea Neves da Cunha, destacou a importância da visita de Xuxa ao Programa Valores de Minas. “A presença dela aqui, entre nossos jovens, é uma gesto de afeto e delicadeza. Ela é uma pessoa presente no imaginário de milhares de pessoas, e veio aqui admirar e fortalecer o esforço de cada uma. Sua presença alimenta ainda mais os sonhos de cada um dos nossos jovens”, disse.

Plug Minas

Nos núcleos do Plug Minas, estudantes de 14 a 24 anos do Ensino Médio de escolas da rede pública do Estado desenvolvem competências e atividades para lidar com os mais variados aspectos da tecnologia e da cultura digital. No espaço, os jovens participam de atividades educacionais totalmente gratuitas, como produção de áudio, vídeo, design gráfico, empreendedorismo, teatro, dança, desenvolvimento de games, entre outros.

Projeto Estruturador Plug Minas ocupa espaço de 70 mil metros quadrados e cada um dos núcleos já instalados é mantido por parceiros da iniciativa privada e, atende, a cada ano, cerca de três mil pessoas, entre jovens e professores como o Oi Kabum, Empreendedorismo Juvenil, Sebrae e Inove – Jogos Digitais.

Valores de Minas

O primeiro núcleo do Plug Minas, o Valores de Minas, foi criado em 2005 pelo Governo de Minas e pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) para oferecer a estudantes da rede pública oportunidades de crescimento por meio de oficinas artístico-culturais de teatro, circo, dança, música e artes plásticas. Os mais de 500 jovens selecionados a cada ano recebem mochila, uniforme, vale-transporte e refeições. Na primeira e na segunda, os alunos frequentam as oficinas de artes oferecidas e se concentram na área de seu maior interesse. Na última etapa, criam um espetáculo que integra todas as linguagens estudadas.

Ao final de cada ano as atividades culminam com um espetáculo multicultural, que tem a participação de todos os jovens, desde o roteiro até a trilha musical e adereços. Já atendeu mais de 3.500 pessoas, entre estudantes, multiplicadores e ex-alunos que fizeram o curso de extensão. Até 2010, foram apresentados seis espetáculos, “Delírio Barroco”, “Estrada dos Sonhos”, “Opara”, “Sempre Alegre Miguilim”, “Metrópole” e o “Herói e Armadura”, aplaudidos por mais de 30 mil pessoas, elogiados pelo público e crítica.

02
maio
11

Andrea Neves apresenta o programa Valores de Minas a Xuxa que veio a BH conhecer programas sociais iniciados no Governo Aécio

Xuxa visita Valores de Minas

Fonte: Glória Tupinambás  – Estado de Minas

TROCA DE EXPERIÊNCIAS

No palco, 150 jovens carentes. Na plateia, uma convidada especial: Xuxa Meneghel. A apresentadora de TV visitou ontem o Valores de Minas, um dos núcleos do programa Plug Minas – Centro de Formação e Experimentação Digital, no Bairro Horto, Região Leste da capital. Cercada por mais de 2 mil fãs, ela conheceu um pouco dos projetos artísticos e culturais desenvolvidos no espaço com estudantes da rede pública da Grande BH e buscou inspiração para as atividades da Fundação Xuxa Meneghel, no Rio de Janeiro (RJ).

O Valores de Minas é mantido pelo governo de Minas e pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) no espaço onde, até 2003, funcionou uma unidade da Febem. Depois de totalmente reformado, o antigo centro de internação de menores infratores agora promove atividades que, em 2010, envolveram 15 mil jovens com idade entre 14 e 24 anos.

“É difícil imaginar que o espaço abrigava a Febem. Vim para conhecer um pouco, trocar figurinhas”, disse Xuxa. Segundo a presidente do Servas, Andrea Neves, “trocar experiências é importante para fortalecer projetos que garantam os direitos das crianças e adolescentes”.

Veja o Vídeo

02
maio
11

Andrea Neves e Xuxa no Plug Minas

Andrea Neves, presidente do Servas, mostrou a Xuxa os programas socais desenvolvidos pelo Governo de Minas.

Andrea Neves: Plug Minas

Fonte: Hoje em Dia

21
abr
10

Andrea e Aécio Neves participam da mostra Centenário Tancredo Neves, no Museu Histórico Nacional

Minas em São Paulo: Namoro olho no olho

Fonte: Hildegard de Angel – Jornal do Brasil

Kubitschek, Niemeyer, Maia, Aleixo, Gouthier, Chagas Freitas, as forças políticas e sociais, do Rio e de Minas, unidas em torno da memória de Tancredo Neves

Mineiro é conciliador, mineiro é multiplicador, mineiro respeita o adversário,  prestigia as diferenças e tem uma capacidade plural de harmonizar. Foi o que se viu na abertura da mostra Centenário Tancredo Neves, no Museu Histórico Nacional, cuja frequência passeava do Chaguismo ao Juscelinismo, dos recentes Maia aos antigos Aleixo ao novíssimo Anastasia, atual governador das Gerais e candidato a próximo. Do jornalismo político, de Villas-Bôas Corrêa a Roberto D’Ávila, passando por Cícero Sandroni.

A exposição faz uma síntese do essencial na História percorrida pelo estadista, reproduzindo fielmente o conteúdo do Memorial Tancredo Neves, de São João Del Rei. E a gente percebe que Minas, mesmo quando adormecida em termos nacionais, como agora, permanece desperta em sua essência, e que seu poder independe de retratos em paredes de repartições  públicas. Vai muito além. Minas é memória. Minas guarda valores. “Essa gente das Minas Gerais não se submete nunca” – a frase, tomei emprestada do português conde de Assumar, quando mandou matar o insurgente mineiro Filipe dos Santos.

O conde também disse “mineiro tem por brio fazer revolução”. Mas este não é o perfil dos mineiros Neves, antes de tudo gente de boa conversa e paz. E lá vem Aécio Neves, subindo a escada rolante do museu, seguido de José Serra, e emprestando ao paulista um tantão de seu carisma. Colado em Aécio, até mesmo o fechadão Serra consegue angariar simpatias, despertar sorrisos, pois, convenhamos, esta eleição pra presidente está mais para “o pleito da antipatia”, conforme manchete muito bem sacada da revista mineira Viver Brasil.

Também fazia parte do evento no MHN, o lançamento, por Mauro Santayana, dos livros A política como razão: as idéias e o tempo de Tancredo Neves e Tancredo, o verbo republicano, com uma seleção dos mais importantes discursos do estadista. O jornalista começou a autografar às seis e meia da tarde e ficou lá, de caneta em punho, até 10 e meia. Tudo pilotado pela eficiência de Andréa Neves, que, com essa exposição, brinda o Rio e o Brasil com uma certa sensação de nostalgia, do ‘poderia ter sido’, um gostinho daquilo que, com Aécio, um dia poderá ser. Eu disse com Aécio…

Link: http://jb.ideavalley.com.br/flip/

05
abr
10

Andrea Neves na despedida emocionante de Aécio no Palácio Mangabeiras ao som da viola de Renato Teixeira

31
mar
10

Circuito Cultural Praça da Liberdade: veja vídeo com versão completa do flash mob

31
mar
10

Andrea Neves assina carta de intenções com Instituto Coca Cola que vai beneficiar cooperativas de catadores

Servas e o Instituto Coca-Cola Brasil (ICCB) assinaram, nesta terça-feira (30), uma carta de intenções para investimento de R$ 1,2 milhão entre 2010 e 2013 para o desenvolvimento de cooperativas de catadores de material reciclável no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), um projeto do Servas em parceria com o Governo AécioNeves.Juntas, as equipes do Servas, CMRR e ICCB vão definir um plano de ações para implantar uma estrutura e capacitar os catadores de cooperativas, visando incentivar as atividades socioambientais. Os recursos desta primeira etapa da parceria serão utilizados na aquisição de equipamentos que irão proporcionar a melhoria das condições de trabalho dos catadores de recicláveis.“O CMRR é um projeto inédito em todo o país, e a Coca-Cola percebeu isso e vai nos ajudar a criar as condições necessárias a preservação ambiental, geração de renda para os catadores de recicláveis e muitas famílias”, disse a presidente do Servas, Andrea Neves da Cunha.

“Temos procurado investir em áreas em que a geração de renda possa se tornar permanente, e acreditamos poder consolidar essa transformação através de parcerias como esta que firmamos com o Servas. Este projeto pretende contribuir tanto na gestão quanto na equipagem das cooperativas de catadores de recicláveis”, disse Marco Simões, vice-presidente de Comunicação e Sustentabilidade Coca-Cola Brasil e diretor superintendente do Instituto Coca-Cola Brasil.

“Essa parceria vai contribuir para reforçar a autonomia produtiva dos catadores. A aquisição de equipamentos para as cooperativas vai potencializar a reciclagem de materiais, possibilitando ao catador a condição de empreendedor. O catador passa a ter um negócio que integra a questão social econômica e ambiental”, disse Cido Gonçalves, coordenador de Mobilização do CMRR. Segundo ele, está em andamento, em parceria com o Servas, um processo de mobilização que envolve todos os municípios mineiros com coleta seletiva para incorporá-los ao Plano de Gerenciamento de Resíduos.

O Instituto Coca-Cola Brasil é uma organização não governamental, e entre as suas finalidades se destaca o fomento do desenvolvimento sustentável da sociedade brasileira através de atividades ligadas ao meio ambiente.




junho 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Mais Acessados

  • Nenhum

%d blogueiros gostam disto: